Clacket2 mapas mentais

8 Responses

  1. alceu menin
    alceu menin fevereiro 27, 2013 at 1:34 am | | Reply

    A Justiça de Deus tarda mas não falha. Até que enfim um ser humano se preocupando com os Bacharéis de Direito. Todos sabem que a OAB fatura alto a cada Exame. Todos sabem que a OAB explora os Bacharéis. A OAB não defende nem os Advogados. Veja a novela da Globo – Salve Jorge – A Globo mostra um Advogado 171 e o que a OAB faz? Nada!

  2. RICARDO
    RICARDO março 1, 2013 at 7:15 pm | | Reply

    É UMA VERGONHA… OS SENHORES REITORES NÃO DIZEM NADA…REPRESENTAM O ESTADO COM PODERES PARA CONFERIR O GRAU, OS SENHORES PROFESSORES, JUÍZES, DESEMBARGADORES, DELEGADOS DE POLICIA, PROMOTORES DE JUSTIÇA TODOS SÃO TAXADOS DE INCOMPETENTES, DONOS DE CURSINHOS PREPARATÓRIOS, MUITOS COM CENTENAS DE LIVROS JURÍDICOS PUBLICADOS, E NENHUM SE MANIFESTA… O SR. OPHIR ALEGA O NÍVEL QUE É DA PÉSSIMA QUALIDADE NO ENSINO…

    ISSO TEM QUE ACABAR… COMO PODE A OAB DIZER QUE O BACHAREL NÃO É ADVOGADO? ORA ABSURDO E CONTROVERSO, TENDO EM VISTA QUE DURANTE A GRADUAÇÃO SE TEM CINCO ESTÁGIOS CURRICULARES OBRIGATÓRIOS TODOS COM AVALIAÇÃO POR UM PROFESSOR COORDENADOR, ONDE SE ATUA COMO ADVOGADO FOSSE, FAZ TUDO, ATENDE CLIENTE, FAZ A PEÇA, RECURSOS, ASSISTE AUDIÊNCIAS, ENTRE OUTRAS FUNÇÕES, ALÉM DISSO, SE NÃO PODE ADVOGAR PARA QUE SERVE O JURAMENTO NA COLAÇÃO DE GRAU? Juramento do Bacharel em Direito “JURO, COMO BACHAREL EM DIREITO, NO EXERCÍCIO DAS MINHAS FUNÇÕES E DO MEU OFÍCIO, RESPEITAR OS PRINCÍPIOS SOBRE OS QUAIS SE ASSENTAM AS LEIS, GUIAR-ME À LUZ DA ÉTICA, SEMPRE EM BUSCA DA JUSTIÇA, E DOS VALORES HUMANOS, VALENDO-ME DO DIREITO COMO INSTRUMENTO MÁXIMO PARA ASSEGURAR AOS HOMENS OS SEUS DIREITOS FUNDAMENTAIS E INTOCÁVEIS, SEM DISTINÇÃO DE QUALQUER NATUREZA. E, ACIMA DE TUDO DEFENDER A LIBERDADE, POIS SEM ELA NÃO HÁ DIREITO QUE SOBREVIVA, NEM PAZ QUE SE CONCRETIZE.”! ABSURDO ISSO … SE O BACHAREL SÓ TERÁ COMPETÊNCIA A PARTIR DE UM EXAME E QUE A OAB ALEGA QUE ISSO SERVE PARA PROTEGER O CIDADÃO, RAZÃO NÃO TEM DE EXISTIR UM TRIBUNAL DE ÉTICA E DISCIPLINA? EXAME DA OAB NÃO PODE SER EQUIPARADO A CONCURSO PÚBLICO AO CARGO DE ADVOGADO.

    TEMOS QUE ACABAR COM ESSE CÂNCER QUE É O EXAME DE ORDEM… NÃO PODEMOS ACEITAR… NÃO PODEMOS PERDER MAIS TEMPO…. ISSO NÃO PODE VIRAR EM MOVIMENTO POLÍTICO EM TRAMPOLIM PARA CANDIDATOS A ELEIÇÃO NA CARREIRA POLÍTICA… TEMOS QUE UNIR FORÇAS URGENTEMENTE E SE MANIFESTAR DIRETAMENTE COM A PRESIDENTE DILMA, ACREDITO QUE É DESSA MANEIRA QUE CONSEGUIREMOS DERRUBAR O EXAME DE ORDEM..

    NÃO PODEMOS MAIS ACEITAR ESSA CONDIÇÃO INDIGNA E HUMILHANTE COM TOTAL DESRESPEITO QUE A OAB IMPÕE AO BACHAREL DE DIREITO.

    IMPEACHMENT JÁ … FORA DILMA …

  3. “Residência Jurídica” pode substituir o Exame de Ordem da OAB | Assim Passei - Exame de Ordem e Carreiras Jurídicas

    [...] da primeira movimentação do ano na discussão sobre o fim do exame de ordem, eis que o debate ganha uma nova/velha [...]

  4. israel
    israel março 14, 2013 at 3:46 pm | | Reply

    Sou bacharel e pós-graduado em direito publico.
    Acho que o exame tem que acabar.
    Este exame é uma farsa que engana a muitos e só serve para encher os bolsos da OAB.
    Alguém em sã consciência acha que acertar 60 questões no vasto universo do direito dá para dizer que esta pessoa é um profissional habilitado a advogar? Ou como acertar uma peça processual e desenvolver cinco questões de formulação e quesitos questionáveis, igualmente habilita alguém a se dizer Advogado?
    Alguém tira a OAB E depois de 15,20, 30 anos vai advogar. Dar para achar que essa pessoa sabe o que está fazendo, tendo em vista as constantes mudanças do direito pátrio e internacional?
    Alguém faz exame numa área e vai advogar em outra, ou em tribunais, ou em área de direito especifico como DIR. MILITAR, ELEITORAL, AGRÁRIO, AMBIENTAL… Sendo que só conhece um pouquinho de direito do trabalho, ou administrativo, por exemplo. Constantemente encontramos pessoas com a OAB que não sabe fazer sequer sabe o “O” muito mento o ABCDARIO DO DIREITO. Quanto às demais profissões … Por que só o bacharel de direito tem que fazer exame. Quantos médicos e engenheiros têm matado pessoas por falhas e ninguém se preocupa com isso. Quando um advogado erra, e até os bons erram, é possível rever e até consertar o erro.
    Quando um médico erro ou engenheiro, o farmacêutico, etc., normalmente uma vida se foi, Nem por isso há exame de ordem. Quando saímos da faculdade somos piores que ESTAGIÁRIO pois não conseguimos mais a OAB a não ser por este mostrengo chamado Exame de Ordem que para nada serve senão para enganar a população, pois advogar e mais que passar em exame…

  5. Fernando Ramires
    Fernando Ramires março 14, 2013 at 11:29 pm | | Reply

    Sou Bacharel em Direito e em minha opnião não devemos acabar com o Exame da Ordem, talvez devessemos mudar o “esquema” em que ele é induzido aos candidatos… Concordo que o Exame realmente não qualifica o candidato a advogar, mas sim o testa psicologicamente e claro o testa educacionalmente também, mas antes de continuar vamos fazer um comparativo; O profissional da saúde por exemplo, não é correto simplesmente quando o estudante se forma lhe dar o “canudo” e o mesmo sair por ai operando, há uma residência de mais 5 anos em que o futuro médico se especializa, assim, apto a lidar com “vidas”. Nós do ramo do direito também lidamos com algo de muita importÂncia, o rumo da “vida” de muitas pessoas, assim, penso eu, “porque não integrar ao bacharel algo parecido”, algo do tipo, ter experiÊncia juridica por 3 anos no caso de se querer ser promotor de justiça.

    Esta é minha opnião e não devemos desmerecer a profissao de advogado que tanto é respeitada e admirada ao nível de um “médico”, Doutor na Área da Saúde. Devemos sim corrigir os erros e corrupção que existe no exame de hoje e futuramente a OAB dar um suporte mais responsável e digno ao advogado.

    Melhoras sempre são bem vindas.

  6. Gustavo Meira Costa
    Gustavo Meira Costa abril 1, 2013 at 8:05 pm | | Reply

    Somos realmente um país confuso, onde se aplica varios pesoas e diversas balanças para casos idênticos. Imagine-se que um advogado com experiência, precisa de no mínimo 48 horas para consolidar uma ação penal. Porque há muitos detalhes a considerar, pesquisa a fazer, opções e definir, etc. Antes mesmo de chegar diante do computador ele precisa estar seguro do que vai produzir, o que nem sempre ocorre. Estamos falando de um profissional com alguns anos de mercado. Mas, o Exame de Ordem exige que um bacharel recém-graduado, que não conhece o mercado, que não efetivou nenhuma peça (porque não é habilitado) decida por uma peça processual e a construa em pouco mais de quatro horas.
    Gente!!! Tem alguma coisa errada nessa “matemática”. Vamos fazer uma análise decente das decisões de certas instituições do Brasil. O Exame de Ordem não se sustenta em hipótese alguma. Não tem sentido, nem lógica, nem legitimidade. É uma vergonha para o parlamento do Brasil.

  7. Roberto Marques Bonfim
    Roberto Marques Bonfim abril 14, 2013 at 2:21 pm | | Reply

    Sou licenciado em Estudos sociais, bacharel em Direito, pós graduado em Advocacia geral e Direito penal, fui duas vezes para a segunda fase do tal exame, não passei, cansei, pois me convenci de que o exame não mede capacidade de ninguém, em contrapartida aumenta a grana do sindicatão OAB que manda no país, aguardo o fim do império, engrosso as fileiras para acabar com essa palhaçada.

  8. Antonio Cerqueira
    Antonio Cerqueira janeiro 29, 2014 at 11:01 pm | | Reply

    Sou absolutamente contra a esse exame Caça Níquel.Como pode um Sindicato como Oab determinar quem pode ou não trabalhar após 05 anos em uma Faculdade.Como fica após formado com seu canudo em mãos autorizado pelo MEC e não ter nenhum valor? Então acabe com o Mec e deixe esse sindicato chamado Oab legislar em substituição ao MEC.Lamentavel

Leave a Reply


8 − quatro =