Exame de Ordem – Estude, fique mais feliz e seja aprovado

Exame de Ordem – A sua oportunidade de ser mais feliz

Duvida? Continue lendo.

Recentemente li uma notícia destacando uma pesquisa que apontou que as pessoas que estudam mais tendem a ser mais felizes e ter uma expectativa de vida maior. O estudo foi produzido pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e realizado em 15 países membros da organização – do qual o Brasil não faz parte – e se chamou “What are the social benefits of education?” (Quais são os benefícios sociais da educação?, em tradução livre)

“A educação ajuda as pessoas a desenvolver habilidades, melhorar a sua condição social e ter acesso a redes que podem ajudá-las a terem mais conquistas sociais”, dizem os autores da pesquisa.

Segundo o estudo, as pessoas que estudam mais são mais felizes porque tem maior satisfação em diferentes esferas de sua vida. Esse nível de satisfação pessoal é de, em média, 18% a mais para quem têm nível superior em relação àquelas que pararam no ensino médio.

Estudar para ser mais feliz

Grande parte das pessoas que leem o Assim Passei são estudantes em busca de um objetivo, passar na prova da OAB, em um concurso público, ou até mesmo pessoas que procuram aquele conteúdo que pode “salvar” a prova do semestre. Ou seja, normalmente a busca pelo conhecimento está vinculada a uma realização específica.

Em que pese esse norte ajude a manter o foco para que se alcance um objetivo específico, transcender este vínculo e estabelecer para si que estudar é, mais do que qualquer coisa, também, um alimento de potência para a própria existência, pode elevar o seu animus estudantis. Dessa forma, trazendo mais prazer para o tempo dedicado ao estudo do Direito, fazendo com que isso se torne parte da sua vida e não para que seja apenas uma ponte que te leva ao outro lado do rio.

Ser feliz para estudar mais

Manter-se disposto enquanto estuda é um dos maiores desafios dos estudantes. Isso tem influência direta na eficiência do tempo aplicado ao aprendizado. Para que se tenha a máxima absorção e compreensão do conteúdo é preciso que seu cérebro esteja disposto e animado com o que está absorvendo. Segundo o estudo evidenciado, estudar te faz mais feliz, logo, se você está feliz acaba aprendendo mais, e assim sucessivamente.

Ou seja, um comportamento proativo,

Em um primeiro momento pode causar estranheza, mas acredite, faz todo sentido. E a persistência e mudança do paradigma do porquê estudar pode ajudar muito para que essa roda comece a girar e você entre no mundo de quem ao natural estuda porque se sente bem estudando.

Eu estudo porque estou feliz, ou estou feliz porque estudo mais? – Uma senhora que viciou em ser feliz e estudar.

Que tal você aproveitar o estudo para o Exame de Ordem para entrar nesse ciclo você também?

O estudo chegou a outras conclusões na relação entre o estudo e a expectativa de vida, interesse social e outras conexões que levam em consideração a diferença de níveis de formação. Os interessados em acompanhar as pesquisas podem acessá-las (aqui) gratuitamente online em três versões: inglês, espanhol e francês.

Bons estudos.

Sobre o autor

Lucas Ávila

Advogado, professor e especialista na orientação de examinandos do Exame de Ordem e Estudantes de Direito.

Você não está autorizado a visualizar esta parte
O campo App IDotherwise your plugin won't work.

Blog Desenvolvido por Primesoftwww.assimpassei.com.br | Todos os direitos Reservados